A banda D’HanKs (atual PrimaDama), desde a sua formação, em 2003, os integrantes Rogério A. Fortes, Renan ‘Foca’, Roberto ‘Sorvete’, Filipe e Angélica Ribeiro tiveram o intuito de compor e logo em 2004 registraram sua primeira ‘demo’, ainda com o nome escrito na grafia antiga (The Hanks) e com o primeiro baterista (Filipe). Desde a entrada do baterista oficial, Felipe Valentim, cinco das faixas desta primeira demo foram escolhidas e regravadas e, juntas a outras novas composições, no estúdio Toca, em Volta Redonda, antigo espaço dos técnicos Lucas e Diogo Macedo (atuais proprietários do Studio EME, no Rio de Janeiro). Esse compilado deu origem ao primeiro álbum da banda, em 2009: “Escolhas e Renúncias”.

Quanto as premiações, o primeiro troféu veio na categoria de banda Revelação da segunda edição do Rock ‘n Roll Festival, em Andrelândia-MG (2007). E, com o lançamento do primeiro CD, a lista de vitórias se estendeu, devido a uma das 13 faixas autorais (compostas entre 2003 e 2009): “Rainha do Drama”. Esta se tornou a primeira favorita das pessoas que acompanhavam a banda e rendeu diversos prêmios, incluindo três troféus no Festival “Canta Rio Sul” (promovido pela TV Rio Sul, afiliada local da Rede Globo) – Agrado Popular, durante a semifinal, Melhor Intérprete e 2º lugar na categoria Pop Rock.

Por estes motivos, ‘Rainha do Drama’ foi a escolhida para a gravação do primeiro clipe, muito bem recebido pelo público e produzido inteiramente pela banda, assim como foi o segundo vídeo, para a música ‘Escolhas e Renúncias’, que logo se tornou um hino para os primeiros fãs.

Com o primeiro CD veio a primeira aparição em TV nacional, no programa Atitude.com (TV Brasil), além de outros prêmios.

A produção do segundo álbum, “Mil Faces”, iniciou-se em 2010 e teve a faixa de abertura, “Sem Sinais”, lançada como single, em 2011, com vídeo produzido em parceria com a Casulo Produções (Volta Redonda-RJ), e marcando a estreia da D’HanKs em rádios FM e AM regionais.

Em 2012, com o lançamento oficial do segundo álbum (produzido com apoio da Lei de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Volta Redonda, no EME Estúdio, RJ, e masterizado no Sterling Sound Studio, por Dave McNair, em Nova York, EUA – responsável por trabalhos de aristas como David Bowie e a banda Flyleaf, por exemplo), vieram mais vídeos feitos pela própria banda, para as músicas “Hora da Insônia” (abril – parcerias com o cinegrafista Edjor Moraes) e “Chore” (agosto); e em 2013, para “Utopia” (abril) e “Sua Menina” (junho – parceria com Edjor Moraes). Além disso, a música “Bailarina”, em 2013, emplacou nas rádios locais.

A faixa “Silêncio”, com vídeo produzido em parceria com a Pexera Produções (SP), é o grande destaque da banda. Com excelente estreia nas rádios locais, em 2012, ela abriu portas para festivais nacionais e locais, e se classificou, por unanimidade do júri, para a final do concurso MinhaBanda.Com (Plugue – TV Rio Sul), conseguindo o segundo lugar, por votação popular. Além disso, em 2014, seu videoclipe abriu o caminho para os programas TVZ Experimente (Multishow) e no Set List (BIS – ambos da Globosat), e em canais como PlayTV e MixTV.

Ainda em 2014, a parceria com os irmãos Diogo e Tuta, do EME e com o engenheiro de som Dave McNair teve continuidade e o CD Veredicto foi lançado no início de 2015, com 10 faixas inéditas, mostrando uma notável maturidade no som. Seguindo Silêncio, as faixas “Ressurgir” (2014, parceria com Edjor Moraes) e “Me Levar” (2015, Estúdio Fractarts) também vem sendo exibidas nos programas e canais citados. E o vídeo de “Veredicto” (Roman Produções) foi exibida em 2015 no programa ‘PlaylistMTV Brasileira’.

Além dos vídeos citados, em 2015, também foram produzidos vídeos para as músicas “Depois de Tudo” (Fractarts) e “Invisível” e foi dado início à produção de “Matá-lo ou Morrer” (produção de Edjor Moraes) e “Nova Solidão” (Roman), ambos lançados em 2016.

Em 21 de abril de 2016, estreou nos cinemas de todo o Brasil o filme nacional Em Nome da Lei, com Paolla Oliveira, Mateus Solano, Chico Diaz e grande elenco, e a música “Hora da Insônia”, faixa do CD “Mil Faces”, foi escolhida pelo diretor Sergio Rezende para ser parte da trilha sonora do mesmo.

Fechando o álbum Veredicto, foram lançados em, 2017, os vídeos de Deixa Fingir, com uma versão alternativa (ambos produzidos pela Roman); Corra (independente, com a participação de vários fãs e amigos da banda cantando a música); e, finalizando, em 2018/2019, foi lançado o vídeo de Despedaçar (2P Produções).

Outros acontecimentos também marcaram, respectivamente, os anos de 2017 e 2018: primeiro, em 2017, o guitarrista Renan ‘Foca’ foi convidado a compor a trilha sonora do espetáculo o Homem da Areia, da Rumo Cia de Dança Contemporânea, dirigida por PV Carvalho (tendo a vocalista Angélica como bailarina, preparadora vocal e assistente de coreografia), e as músicas foram gravadas pelos integrantes da banda no Studio Stillo Music; e, depois, em 2018, a D’HanKs completou 15 anos realizando um show completo produzido independentemente, com diversas parcerias, registrado em vídeo, com imagens da Roman Produções e com edição de áudio feita pelo Studio Hitmus, sob responsabilidade do Renan ‘Foca’ – o lançamento oficial dos vídeos, no Youtube aconteceu em 2019.

Também em 2019, os integrantes entraram em estúdio para dar início ao seu novo projeto: um EP em inglês, com 3 faixas inéditas e 4 versões de canções lançadas anteriormente em português. A equipe por trás do processo permaneceu a mesma dos dois álbuns anteriores e, ao fim do ano, foram feitos 4 lyric videos para as versões (produzidos por Júlio Victor) e 3 videoclipes para as inéditas (Masterpiece – por Júlio Victor; Naked e The Last Battle, ambas pela Roman Produções); todos com lançamento previsto para 2020.

A banda Primadama (nascida D’HanKs), desde a sua formação, em 2003, os integrantes Rogério A. Fortes, Renan ‘Foca’, Roberto ‘Sorvete’, Filipe e Angélica Ribeiro tiveram o intuito de compor e logo em 2004 registraram sua primeira ‘demo (ainda com o nome anterior escrito na grafia antiga – The Hanks) e com o primeiro baterista (Filipe). Desde a entrada do baterista oficial, Felipe Valentim, cinco das faixas desta primeira demo foram escolhidas e regravadas e, juntas a outras novas composições, no estúdio Toca, em Volta Redonda, antigo espaço dos técnicos Lucas e Diogo Macedo (atuais proprietários do Studio EME, no Rio de Janeiro). Esse compilado deu origem ao primeiro álbum da banda, em 2009: “Escolhas e Renúncias”.

Quanto as premiações, o primeiro troféu veio na categoria de banda Revelação da segunda edição do Rock ‘n Roll Festival, em Andrelândia-MG (2007). E, com o lançamento do primeiro CD, a lista de vitórias se estendeu, devido a uma das 13 faixas autorais (compostas entre 2003 e 2009): “Rainha do Drama”. Esta se tornou a primeira favorita das pessoas que acompanhavam a banda e rendeu diversos prêmios, incluindo três troféus no Festival “Canta Rio Sul” (promovido pela TV Rio Sul, afiliada local da Rede Globo) – Agrado Popular, durante a semifinal, Melhor Intérprete e 2º lugar na categoria Pop Rock.

Por estes motivos, ‘Rainha do Drama’ foi a escolhida para a gravação do primeiro clipe, muito bem recebido pelo público e produzido inteiramente pela banda, assim como foi o segundo vídeo, para a música ‘Escolhas e Renúncias’, que logo se tornou um hino para os primeiros fãs.

Com o primeiro CD veio a primeira aparição em TV nacional, no programa Atitude.com (TV Brasil), além de outros prêmios.

A produção do segundo álbum, “Mil Faces”, iniciou-se em 2010 e teve a faixa de abertura, “Sem Sinais”, lançada como single, em 2011, com vídeo produzido em parceria com a Casulo Produções (Volta Redonda-RJ), e marcando a estreia da Primadama em rádios FM e AM regionais.

Em 2012, com o lançamento oficial do segundo álbum (produzido com apoio da Lei de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Volta Redonda, no EME Estúdio, RJ, e masterizado no Sterling Sound Studio, por Dave McNair, em Nova York, EUA – responsável por trabalhos de aristas como David Bowie e a banda Flyleaf, por exemplo), vieram mais vídeos feitos pela própria banda, para as músicas “Hora da Insônia” (abril – parcerias com o cinegrafista Edjor Moraes) e “Chore” (agosto); e em 2013, para “Utopia” (abril) e “Sua Menina” (junho – parceria com Edjor Moraes). Além disso, a música “Bailarina”, em 2013, emplacou nas rádios locais.

A faixa “Silêncio”, com vídeo produzido em parceria com a Pexera Produções (SP), é o grande destaque da banda. Com excelente estreia nas rádios locais, em 2012, ela abriu portas para festivais nacionais e locais, e se classificou, por unanimidade do júri, para a final do concurso MinhaBanda.Com (Plugue – TV Rio Sul), conseguindo o segundo lugar, por votação popular. Além disso, em 2014, seu videoclipe abriu o caminho para os programas TVZ Experimente (Multishow) e no Set List (BIS – ambos da Globosat), e em canais como PlayTV e MixTV.

Ainda em 2014, a parceria com os irmãos Diogo e Tuta, do EME e com o engenheiro de som Dave McNair teve continuidade e o CD Veredicto foi lançado no início de 2015, com 10 faixas inéditas, mostrando uma notável maturidade no som. Seguindo Silêncio, as faixas “Ressurgir” (2014, parceria com Edjor Moraes) e “Me Levar” (2015, Estúdio Fractarts) também vem sendo exibidas nos programas e canais citados. E o vídeo de “Veredicto” (Roman Produções) foi exibida em 2015 no programa ‘PlaylistMTV Brasileira’.

Além dos vídeos citados, em 2015, também foram produzidos vídeos para as músicas “Depois de Tudo” (Fractarts) e “Invisível” e foi dado início à produção de “Matá-lo ou Morrer” (produção de Edjor Moraes) e “Nova Solidão” (Roman), ambos lançados em 2016.

Em 21 de abril de 2016, estreou nos cinemas de todo o Brasil o filme nacional Em Nome da Lei, com Paolla Oliveira, Mateus Solano, Chico Diaz e grande elenco, e a música “Hora da Insônia”, faixa do CD “Mil Faces”, foi escolhida pelo diretor Sergio Rezende para ser parte da trilha sonora do mesmo.

Fechando o álbum Veredicto, foram lançados em, 2017, os vídeos de Deixa Fingir, com uma versão alternativa (ambos produzidos pela Roman); Corra (independente, com a participação de vários fãs e amigos da banda cantando a música); e, finalizando, em 2018/2019, foi lançado o vídeo de Despedaçar (2P Produções).

Outros acontecimentos também marcaram, respectivamente, os anos de 2017 e 2018: primeiro, em 2017, o guitarrista Renan ‘Foca’ foi convidado a compor a trilha sonora do espetáculo o Homem da Areia, da Rumo Cia de Dança Contemporânea, dirigida por PV Carvalho (tendo a vocalista Angélica como bailarina, preparadora vocal e assistente de coreografia), e as músicas foram gravadas pelos integrantes da banda no Studio Stillo Music; e, depois, em 2018, a Primadama completou 15 anos realizando um show completo produzido independentemente, com diversas parcerias, registrado em vídeo, com imagens da Roman Produções e com edição de áudio feita pelo Studio Hitmus, sob responsabilidade do Renan ‘Foca’ – o lançamento oficial dos vídeos, no Youtube aconteceu em 2019.

Também em 2019, os integrantes entraram em estúdio para dar início ao seu novo projeto: um EP em inglês, com 3 faixas inéditas e 4 versões de canções lançadas anteriormente em português. A equipe por trás do processo permaneceu a mesma dos dois álbuns anteriores e, ao fim do ano, foram feitos 4 lyric videos para as versões (produzidos por Júlio Victor) e 3 videoclipes para as inéditas (Masterpiece – por Júlio Victor; Naked e The Last Battle, ambas pela Roman Produções); todos com lançamento previsto para 2020.

O ano 2020 já começou com um grande marco: a banda, depois de passar pouco mais de um ano como The HanKs, no seu início, e de passar quase a totalidade de seus 16 anos de história como D’HanKs, passou a se chamar Primadama, por consenso entre os integrantes, depois de muita conversa e muita pesquisa. O motivo da mudança foi a insatisfação de alguns dos membros com o antigo, por questões desenvolvidas e defendidas pelos mesmos. Mesmo não sendo a maioria, a banda decidiu optar por essa mudança de caminho para que todos, em unanimidade pudessem aprovar e apoiar definitivamente o nome. E assim, um novo capítulo começou para a, agora, banda Primadama. Clique aqui para saber mais sobre o novo nome!